22
mai

Muitos empreendedores gastam uma fortuna em sofisticados sistemas de gestão que prometem integrar a administração e a produção ou operacional da empresa por completo. O problema é que na hora do vamos ver, percebem que o software não funciona como o esperado. O chamado ERP (Enterprise Resources Planning) não é mesmo a solução milagrosa para todos os negócios. Às vezes, são necessários programas específicos que dão conta das peculiaridades de uma área da companhia ou do setor de atuação.

É sempre muito importante levar em consideração as seguintes observações:

  • Dependendo do caso, é mais rápido e útil desenvolver um sistema customizado focado no setor do que um ERP tradicional. Um grande exemplo, é se você quiser integrar o Comercial, Operacional, Faturamento e Financeiro. Mas vale lembrar que, antes de você contratar um empresa para desenvolver um software, é muito importante planejar e conhecer bem os processos da sua empresa;
  • Ter uma infraestrutura adequada é fundamental para que o desempenho dos softwares alcance as expectativas. Muitas vezes, os empresários investem uma quantia razoável em aplicativos, mas fazem questão de economizar nos servidores;
  • Uma combinação de software especifico para cada área, também pode ser uma alternativa muito interessante para conseguir a integração plena dos processos;
0 Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>